Acne na fase adulta? Sim, é normal e tem tratamento!

 

shutterstock_170783861

Considerada o problema dermatológico mais comum entre a população no Brasil, a acne atinge 56,4% das pessoas, além de ser o motivo que mais leva os pacientes aos consultórios médicos, segundo dados divulgados recentemente pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Embora muito comum na adolescência, ela também pode aparecer na fase adulta, principalmente nas mulheres com idade entre 25 e 35 anos, por causa de alterações hormonais provocadas por disfunções ovarianas, como a síndrome dos ovários micropolicísticos. Isso acontece porque o órgão controla as taxas de hormônios masculinos e femininos no corpo da mulher e, quando está desregulado, faz com que a testosterona fique em alta, causando um aumento da acne. Neste caso, é preciso procurar um especialista para diagnosticar o causador do problema. Caso o exame de sangue confirme a presença da síndrome, um ginecologista pode indicar o uso de um anticoncepcional específico para regular essa disfunção.

A acne na mulher adulta também pode ser causada pelo estresse, afinal, ele é responsável por fazer as glândulas suprarrenais liberarem mais hormônios masculinos, provocando produção de mais oleosidade na pele e bloqueando os poros. Por isso, procure evitar situações estressantes. A sua cútis agradece!

A alimentação inadequada é outra inimiga em relação às espinhas. Alguns alimentos ricos em gorduras podem deixar a pele mais oleosa. Portanto, evite doces, frituras e gorduras, ao invés disso, procure manter uma alimentação balanceada, rica em fibras e vitaminas, que têm a capacidade de proteger a pele.

Também vale a pena dar uma atenção especial à “acne cosmética”, provocada pelo uso incorreto de produtos hidratantes em excesso. Então fique atenta! Cada pele tem é de um tipo diferente e exige um cuidado específico, ok?

E atenção: antes de iniciar qualquer tratamento de combate à acne adulta é preciso diagnosticar a causa principal para definir qual o melhor caminho a seguir. Existem várias opções para combater o problema, que vão desde fórmulas manipuladas personalizadas com ativos poderosos, até antibióticos de uso controlado. Mas, de qualquer forma, lave o rosto duas vezes ao dia com sabonete líquido, use um adstringente suave, aplique filtro solar associado com produtos secativos e faça esfoliações duas vezes por semana, com sabonetes ou géis específicos, sempre com a orientação de um bom dermatologista. Combinado?
_______________________________________________________________

Dicas de ativos Galena para fórmulas manipuladas personalizadas

Uma boa opção para o combate à acne é a AZELOGLICINA®, o ativo da Galena derivado da associação do ácido azeláico com a glicina (substâncias muito usadas contra a inflamação), que possui ação antibacteriana, anti-inflamatória e reguladora da oleosidade, podendo ser manipulado em sérum, gel, creme e loção.
O autêntico Peeling em Cápsulas® da Galena, o OLI-OLA™ também pode ser usado. Este ativo natural e orgânico, extraído dos frutos das oliveiras, ajuda a uniformizar o tom da pele e a promover a renovação celular, garantindo mais maciez à cútis, além de aumentar a produção de colágeno.

Image Map
667
Views

Comentários