Como está seu coração? Doenças cardiovasculares também são inimigas das mulheres!

coraçãoQuando tocamos no assunto coração, boa parte de nós, mulheres, logo pensa em romance. Só que hoje a conversa vai ser um pouquinho diferente. Em vez de falar sobre relações amorosas, vou fazer um alerta sobre o aumento no número de mulheres com problemas cardíacos no Brasil. Afinal, ao contrário do que acontecia no passado, os homens não têm sido mais o principal alvo das doenças cardiovasculares. De acordo com uma recente pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), representamos 48% do total de ocorrências cardíacas. O número expressivo de casos pode ser justificado, segundo especialistas, pela dupla jornada feminina. Afinal, quantas de nós vão pra casa depois de um exaustivo dia de trabalho e ainda têm que lidar com as tarefas do lar, não é mesmo?

Mas outros fatores também contribuem. A hereditariedade é um dos principais. Por isso, minha amiga, se algum parente próximo de você teve um infarto ou derrame, você está sim mais propensa a ter um também. O avanço da idade é outro item que influencia, assim como a síndrome metabólica (conjunto de problemas de saúde como diabetes, resistência à insulina, hipertensão, aumento de triglicérides e/ou colesterol e aumento da circunferência abdominal, a famosa “barriguinha saliente” que, quando associados, podem aumentar o risco de problemas cardiovasculares) que nem sempre está presente somente em pessoas obesas ou com sobrepeso. Mas tudo pode ser resolvido com mudanças simples na rotina e no estilo de vida. Por isso, procure adotar uma dieta saudável, realizar atividades físicas regulares e incluir suplementos nutracêuticos no seu dia a dia para dar uma forcinha extra nesse processo todo.  Afinal, cuidar do coração é um tratamento para a vida inteira! 😉

________________________________________________________________

Dicas de ativos Galena para fórmulas manipuladas personalizadas

Poderoso ativo natural, ALGEA FOOD® é a alga marrom da Noruega que, devido às condições em que vive, no mar gelado e escuro do País, produz uma quantidade enorme de nutrientes e antioxidantes para a sobrevivência. Ele pode manipulado em cápsulas para prevenir e atuar na resistência à insulina e diabetes de mellitus tipo 2 e reduzir os triglicerídeos, além de ajudar a remodelar a silhueta e reduzir a circunferência abdominal. Além disso, pode ser adicionado em alimentos para substituir 50% do sal de cozinha no preparo dos pratos para ajudar a prevenir a hipertensão.

Extraído da uva roxa da França, VINOXIN® apresenta uma alta quantidade de polifenóis que são os mesmos antioxidantes presentes no vinho tinto, capazes de contribuir para a redução do colesterol ruim, o processo de dilatação dos vasos sanguíneos e a manutenção da pressão arterial, promovendo a prevenção completa da ação cardiovascular.  Sendo assim, com 250mg de VINOXIN® é possível obter os benefícios de um cálice de vinho tinto diário.

Image Map
432
Views

Comentários