Esteticista Sheila Mustufá esclarece o dilema: café favorece ou combate a celulite?

caféQuando o assunto é celulite, o que não faltam na internet são dicas de como a gente pode se livrar dela. O problema é que nem tudo que está escrito por lá é verdade. Eu, por exemplo, já vi de tudo um pouco em sites e blogs de beleza, mas o que sempre me chamou atenção foi o fato de muitas pessoas dizerem que o café pode facilitar o surgimento dos furinhos, enquanto outras afirmarem que a cafeína, na verdade, ajuda a combatê-los. É estranho, né?

Foi por isso, gente, que eu chamei a esteticista e nutricionista Sheila Mustafá para acabar de uma vez com esse meu dilema. Em um bate-papo bem bacana, ela explicou direitinho qual a ação do café e da cafeína na pele e a relação de ambos com a celulite. Vale a pena conferir, viu? Aproveitem! 🙂

Claudia Coral – Muita gente já ouviu falar que o café causa a celulite. Mas se ele realmente facilita o surgimento dos furinhos, por que boa parte dos cosméticos indicados para combater o problema tem a cafeína como um de seus ingredientes principais?

Sheila Mustafá – O excesso de cafeína consumida pela alimentação pode estimular a vasoconstrição (estreitamento dos vasos sanguíneos), dificultando o processo circulatório. Ele também pode aumentar a produção de toxinas e comprometer a detoxificação (retirada das substâncias potencialmente tóxicas de dentro do organismo), o que, consequentemente, irá piorar o quadro da celulite, que está relacionado ao déficit circulatório, ao excesso de toxinas e à inflamação celular. Já o cosmético composto pela cafeína, é indicado para a queima de gordura localizada e o estímulo da circulação que irão colaborar positivamente no combate à celulite. É importante entender que existem diferenças bioquímicas quando se fala em alimento, suplemento e cosmético com cafeína. Cada um tem atuações diferentes no organismo.

Claudia – O que a ação da cafeína consumida por via oral e a que é usada por meio de cremes tem de diferente?  

Sheila – A cafeína, quando usada como suplemento, é considerada um termogênico. Normalmente, os produtos são formulados por compostos extraídos do café, guaraná, cacau, chá verde, das pimentas e da laranja amarga, além de muitas outras ervas lipolíticas (que queimam gordura). Essas substâncias podem atuar tanto no sistema nervoso central, como diretamente no músculo, potencializando a capacidade de contração. Elas são usadas para aumentar o estado de alerta, melhorando o desempenho físico, evitando a fadiga e aumentando a liberação de adrenalina. Também têm a capacidade de acelerar o metabolismo, aumentando o gasto energético e facilitando a mobilização das gorduras para serem utilizadas como fonte de energia, promovendo o emagrecimento, desde que haja, é claro, a prática de atividade física.

Já o uso tópico é indicado, principalmente, para combater a gordura localizada, pelo seu efeito lipolítico. Normalmente, usa-se em torno de 5% de cafeína.

Claudia – Os cremes que prometem atenuar a celulite são eficazes? O que mais pode ser feito, principalmente para as mulheres com mais de 35 anos, para combater o problema de forma prática e segura?

Sheila – Muitos cosméticos têm comprovação científica dos seus benefícios para a celulite, mas a celulite é gerada por muitos fatores, por isso é necessário unir terapias como a atividade física, a alimentação específica e individualizada, além dos cosméticos e a eletroterapia, como a radiofrequência e o ultrassom, para combatê-la.

Descubra quanto de cafeína (em miligramas) há em cafés e chás:

Café (Xícara de 150 ml)
De máquina: 110-150mg / De coador: 64-124mg / Instantâneo: 40-108mg
Café descafeinado: 2-5mg / Instantâneo descafeinado: 2mg

Chá (a granel ou em saquinhos)
Infusão de um minuto: 9-33mg / Infusão de três minutos: 20-46mg / Infusão de cinco minutos: 20-50mg

Produtos com Chá
Chá instantâneo (xícara de 150 ml): 12-28mg
Chá gelado (xícara de 350 ml): 22-36mg

Image Map
285
Views

Comentários