Não há corpo imune a suas marcas! No dia da mulher, celebre a diferença

shutterstock_215794162Disso ninguém pode duvidar: correr contra o relógio realmente é nossa especialidade. Que mulher nunca foi dormir repassando todas as tarefas do dia seguinte para se organizar e ganhar tempo? Quem nunca correu para levar as crianças na escola, justamente, a tempo de chegar ao trabalho e estar pronta para aquela reunião importante? Isso sem falar na milenar luta contra ele, o tempo, e seus efeitos sobre a pele, o corpo e os cabelos. Ah, o tempo! Senão o maior, um dos maiores algozes da alma feminina.

É por isso que neste Dia da mulher, como uma homenagem a quem vive de olho no tempo, decidi escrever que não existe corpo imune às suas marcas. São elas, aliás, que carregam histórias, fases, conquistas e dúvidas de cada um. E que devemos celebrá-las, mas também, sabendo disso, passar a ouvir o nosso corpo com mais atenção.

Sim! O corpo tem muitas coisas para dizer a nós. Se pelo lado psicológico favorece uma leitura mais profunda de quem somos, pelo lado fisiológico, há uma resposta – nem sempre definitiva, é verdade, porém quase imediata – sobre aquilo em que é submetido. Seja pelo Excesso. Excesso de exposição solar, gordura, açúcar e peso. Ou pela falta. Falta de atividade física, alimentação adequada, hidratação e limpeza. Nada fica sem resposta!

Que tal, então, a partir de agora, celebrar suas marcas, sim, o efeito do tempo em sua vida, sim, mas ao mesmo tempo, fazer disso um radar de como deve ser seu comportamento para o futuro? Uma forma de ouvir o que seu corpo tem a dizer sobre essa pessoa tão especial, você! #Ficaadica 🙂

Image Map
385
Views

Comentários