O que este vídeo dos anos 50 nos ensina sobre cosméticos personalizados

Você sabe como a maquiagem era feita antigamente? Recentemente, recebi este vídeo aqui, que quero compartilhar com vocês:

Não precisa falar inglês pra entender: ele mostra o que acontecia quando uma cliente ia a uma loja de cosméticos em Londres, nos anos 50, e pedia um pó compacto. A atendente então faz uma mistura única, especialmente para a pele daquela cliente.

Desde então, os processos para criar toda sorte de cosméticos se modernizaram e muito – o que possibilitou a sua produção em massa. Por um lado, isso foi ótimo: todas as mulheres passaram a ter acesso a esse tipo de produto.

Mas por outro, perdeu-se o conceito de personalização: todo mundo usa a mesma coisa, e essa coisa vem pronta, ao invés de ser pensada especialmente para as necessidades de cada cliente.

É o mesmo que aconteceu com a moda, por exemplo: antes, mandava-se fazer roupas, escolhendo tecido, modelo e o alfaiate ou costureira certa para a ocasião, que media cada cliente e produzia uma peça única e perfeita para quem a encomendava.

Hoje, esse costume quase perdido está voltando a ganhar força. As pessoas estão repensando seus hábitos de consumo e isso inclui pensar duas vezes antes de adquirir um produto mais barato e de menor qualidade.

Estamos em busca daquilo que é feito à mão, que respeita a natureza e é feito pensando nas necessidades de cada uma de nós. Dizem por aí que o personalizado é o novo luxo – e não porque necessariamente é caro ou inacessível, mas porque são itens únicos.

Vejo por aí meninas estilizando suas jaquetas com os patches que mais as agradam. A economia colaborativa, que favorece principalmente pequenos empreendedores, é muito baseada em produtos sob encomenda – itens de decoração, roupas, alimentos: tudo o que você quiser pode ser feito especialmente para você.

E voltando aos cosméticos: os personalizados também estão com tudo. Afinal, não existe nada mais satisfatório do que fazer seus cuidados pessoais com produtos feitos pensando em você mesma, não é?

Essa tendência chegou pra ficar! Por isso, minha dica de hoje é: quando for adquirir os seus cosméticos, que tal conversar antes com sua/seu dermatologista ou com a sua farmácia de manipulação de confiança e pedir uma fórmula feita especialmente para você?

Os avanços na tecnologia permitem que você manipule cremes antiaging, antiespinhas, proteção solar, blindagem do cabelo e muito mais produtos com os ativos que vão trazer os benefícios que você quer e precisa! Melhor ainda? Muitos desses ativos são orgânicos e veganos, produzidos com respeito à natureza.

Tem coisa mais gostosa do que aproveitar o glamour de antigamente de um jeito novo, com mais consciência?

Bora manipular!

Image Map
8594
Views

Comentários