Para o nutracêutico funcionar, seu intestino não pode parar!

shutterstock_146312891O post de hoje começa com uma importante pergunta: como anda o funcionamento do seu intestino? Você, provavelmente, já ouviu falar que quando há um desequilíbrio na função intestinal, o corpo todo paga a conta. (Fato!) Mas o que você nem deve imaginar é que o mau funcionamento desse órgão também influencia na efetividade dos nutracêuticos.

Pois é, amiga. Não adianta gastar milhões com nutracêuticos sem dar um passinho atrás e corrigir o seu intestino. Isso porque ele tem funções mais importantes do que muita gente supunha, tanto que tem sido considerado pelos cientistas como o nosso “segundo cérebro”.

É através do intestino que conseguimos absorver os nutrientes dos alimentos, assim como as substâncias presentes nos medicamentos e, consequentemente, nos nossos queridos nutricosméticos e nutracêuticos. Para que isso ocorra de forma adequada, a mucosa intestinal (região pela qual os nutrientes vindos da digestão dos alimentos são absorvidos) precisa estar saudável. Caso contrário, tudo de bom que ingerimos diariamente, como carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, minerais e antioxidantes, passa a não ser absorvido como gostaríamos, abrindo espaço para problemas de saúde.

Para prevenirmos doenças e, de quebra, garantir os benefícios dos nutracêuticos, o nosso intestino precisa ser bem cuidado com a adoção de uma alimentação saudável, rica em alimentos antioxidantes e ricos em fibras (aveia, chicória, maçã e manga, couve, brócolis, entre outros), essas fibras que são chamadas prebióticas, aumentam a produção dos chamados probióticos – “bactérias do bem” presentes na flora intestinal que auxiliam no funcionamento do intestino -, além de diminuírem os riscos de infecções e a absorção de gorduras e açúcares pelo organismo. Então já sabe: antes de questionar o efeito de qualquer ativo, lembre-se de prestar atenção na saúde do seu intestino. Gases em excesso, prisão de ventre (menos de três idas semanais ao banheiro), má digestão e cólicas intestinais são os principais sinais de que algo não vai bem. Fique de olho!

Dicas de ativos Galena para fórmulas manipuladas

Fibra prebiótica solúvel de origem vegetal, FIBREGUM B® auxilia no equilíbrio da flora intestinal, regula a atividade e promove a sensação de saciedade, que é um dos fatores determinantes para o gerenciamento de peso, além de controlar a entrega de açúcar e gordura para o nosso organismo. Pode ser administrada em água, sucos, leites vegetais e em shakes.

* Nutracêuticos: suplementação de elementos indispensáveis ao organismo que são perdidos com o passar do tempo. Contêm uma ou mais substâncias capazes de oferecer diversos benefícios à saúde e beleza quando associados à dieta diária.
* Ativos: substâncias ativas originadas de fontes naturais ou sintéticas que produzem a ação específica na fórmula manipulada seja ela um creme, uma loção ou uma cápsula.
Image Map
875
Views

Comentários