Peles negras, brancas e asiáticas. Você sabe como cuidar bem delas?

pelesNão é de hoje que venho falando aqui que o nosso cuidado diário com a pele deve ser individualizado, ou seja, adotado de acordo com as nossas características e necessidades. É por isso que o tema do post de hoje é justamente a atenção que devemos dar às peculiaridades das peles negras, brancas e orientais. É claro que limpar, tonificar, hidratar e usar filtro solar são hábitos fundamentais para as três etnias, porém, entre um passo e outro, alguns detalhes devem ser diferentes.

A pele negra, por exemplo, demonstra os sinais do envelhecimento mais tardiamente em comparação com as cútis mais claras, pelo fato da melanina possuir ação protetora contra a radiação UVA e UVB. É por isso que os efeitos nocivos provocados pela exposição aos raios solares são muito menores nesse tipo de pele, o que favorece a proteção do colágeno tipo I, a proteína mais importante da nossa pele, responsável pela sua firmeza e sustentação. Mas como tudo tem um preço, justamente por ter maior quantidade de melanina, a pele negra encontra mais dificuldades para eliminar manchas. Por conta disso, todo cuidado é pouco em relação ao sol.

Já para a pele branca, a fotoproteção é ainda mais indispensável. Afinal, a menor concentração de melanina a deixa mais exposta às agressões dos raios ultravioleta, que quebram as partículas de colágeno, favorecendo, inclusive, o aparecimento de rugas até mesmo em mulheres na faixa dos 25 anos.

A cútis oriental, por sua vez, apesar de ser geralmente clara, tem uma tendência natural para pigmentar. É por isso que o Japão desenvolve uma grande quantidade de ativos com essa função. Lá, os cremes cosméticos e FPS possuem ativos despigmentantes para favorecer a prevenção das manchas. Portanto, a dica é investir em filtros solares com alto fator de proteção e utilizar produtos para clarear as possíveis manchas que venham a surgir.

______________________________________________________________

Dicas de ativos Galena para fórmulas manipuladas personalizadas

Como a proteção aos raios ultravioleta é fundamental para todos os tipos de pele, uma boa dica é contar com a ajuda do LIPOCHROMAN™, o ativo da Galena que protege as células contra os dois principais radicais livres, EROS (Espécies Reativas de Oxigênio) e ERNs (Espécies Reativas de Nitrogênio). Ele também possui ação fotoprotetora contra a radiação UVA, inclusive em ambientes internos. Também vale a pena usar PREVENTHELIA™, outro ativo da Galena com ação antioxidante que age contra o radical livre ERCs (Espécies Reativas de Carbono). Quando formular o seu fator de proteção solar, peça para acrescentar esses dois antioxidantes. Juntos, eles potencializam a proteção da sua pele!

O OLI-OLA™, o autêntico Peeling em Cápsulas® da Galena, extraído dos frutos da oliveira, também não pode faltar. Ele tem um poderoso efeito antioxidante, ajuda a uniformizar o tom da pele e a promover a renovação celular, que garante a maciez da cútis, além de aumentar a produção de colágeno.

Já um ativo específico para uniformizar o tom da pele negra é a AZELOGLICINA®, que age apenas nos melanócitos hiperativos (melanócitos são as células que fabricam a melanina). Ele é derivado do ácido azeláico, mas, ao contrário dele, não causa nenhuma irritação na pele. A AZELOGLICINA® também tem ação 4 em 1 sobre a acne: seborreguladora, clareadora, anti-inflamatória e promove o controle bacteriano.  

Há, ainda, a famosa vitamina C, VC-IP, que é produzida pela Nikkol, uma empresa japonesa. Você já conhece o efeito do VC-IP que, além de ser um excelente clareador da pele, também melhora a sua firmeza e sustentação por estimular colágeno, possui efeito antioxidante e pode ser utilizado, inclusive, em peles acneicas! Eu uso uma formulação personalizada que contém VC-IP a 20% que não troco por nada. Peça para o seu dermatologista, você vai adorar o resultado.

 

Image Map
570
Views

Comentários