Que tal dividir uma garrafa de felicidade?

garrafa

Quem não gosta de uma taça de vinho de vez em quando? Eu sou fã. Rico em antioxidantes, como já expliquei aqui no blog, o vinho é um belíssimo aliado da beleza e do bem-estar feminino.  Não fosse só isso, ele tem um magnetismo especial. Um bom vinho é capaz de nos transportar para lugares que amamos, reminiscências. Ele tem o poder de nos fazer reviver alegrias. A cada gole, um joi de vivre, um minuto de felicidade relembrada, melhor ainda quando compartilhada.

É por isso que quando quero brindar a vida e a felicidade de ter com quem partilhá-la, não deixo faltar um bom vinho, como o Hermitage. Um dos tintos franceses mais reverenciados do momento, feito à base de uvas Syrah, que, segundo especialistas, figura no seleto clube dos “grands côtes-du-rhône”.  

Eleito o vinho, é hora de escolher o seu par perfeito. Não sei você, e confesso que já ouvi muitas amigas me dizerem que não gostam de queijos azuis. Bom, eu gosto. Numa de minhas visitas a Paris tive o prazer de degustar um queijo azul francês chamado “Fourme d’Ambert”, que é recomendado para o Crozes Hermitage. Nem preciso dizer que, para mim, a combinação ficou perfeita.

Por isso, minha dica de hoje é essa, no seu momento a dois, em casa, aproveitando o friozinho que se anuncia, que tal abrir uma garrafa de vinho na sua melhor companhia e casá-lo com um queijo especial, que você goste (seja azul, ou não, rs). Tenho certeza que será uma lembrança guardada em sua memória e, quem sabe, revivida no seu próximo tim tim! 🙂

Image Map
518
Views

Comentários