Serena Williams: Strong is Beautiful

Que mês pra falar de esporte, né, gente? Mesmo que você não seja fã, deve ter ficado sabendo as mulheres estão arrasando nos jogos.

E na ECCA – Escala Claudia Coral de Arraso, que eu acabei de inventar, Serena Williams tem sempre uma pontuação especial. Essa mulher está entre os atletas mais bem pagos do mundo, ganhou 21 Grand Slams (um recorde), e ainda construiu escolas no Quênia, Senegal, África do Sul e Jamaica para crianças que não tinham acesso a educação. Tá bom pra vocês?

Calma que tem mais! Serena venceu vários tipos de preconceito e agora está tombando com mais um: seu corpo forte, cheio de belíssimos músculos, frutos de DNA poderosíssimo e treino profissional, é muito criticado pela ditadura da beleza.

Por isso, hoje ela é um dos símbolos do movimento #StrongIsBeautiful, que traduzido livremente pro português, poderia ser #ForçaÉBeleza.

Esse movimento encoraja mulheres que, assim como Serena, amam seus braços fortes, abdômem cheio de gominhos, pernões e trapézio avantajados.

Geralmente, mulheres que praticam esportes – do Rugby ao Bodybuilding – costumam ter seu físico criticado por não ser “feminino” o suficiente.

Eu apoio o movimento! Não sou nenhuma superesportista, mas acho que se você se sente feliz com o esporte que pratica, o shape que você ganha com ele tem que ser motivo de orgulho!

Então, além de deixar meu “é isso aí, garota!” pra Serena e pra todas as mulheres que têm seu corpo torneado pelo esporte, vou mandar uma dica também: Dimpless®.

Você já conhece esse ativo por seus incríveis efeitos anticelulite. Mas agora quero falar sobre o que ele faz com o organismo de uma atleta. Novos estudos com Dimpless® comprovam que o mais potente antioxidante do mundo também colabora com a recuperação do desgaste físico.

E não fica por aí! Ainda tem muita coisa pra contar sobre os jogos, e claro, sobre Dimpless®!

shutterstock_164594330

Image Map
1697
Views

Comentários